InícioNotíciasNa festa do Corpo de Deus: homilia de S. Josemaria em áudio
Notícias

Na festa do Corpo de Deus: homilia de S. Josemaria em áudio

1 Junho 2015

Etiquetas: Eucaristia, mp3, homilia
Na expetativa da solenidade do Santíssimo Corpo de Cristo, vulgarmente conhecida por Corpo de Deus, instituída em 1264, apresentamos a homilia Na festa do Corpo de Deus, pronunciada por S. Josemaria no dia 28 de maio de 1964, festa do Corpo de Deus, e posteriormente publicada em Cristo que passa.

Quando em tantas cidades, vilas ou aldeias, o Santíssimo Sacramento continua a percorrer ruas e largos, acompanhado, por vezes, de milhares de pessoas, como manifestação de fé, na presença real de Jesus na Hóstia consagrada, vale a pena ler ou ouvir as considerações de S. Josemaria a propósito de uma festa que lhe era tão cara. “As manifestações externas de amor devem nascer do coração e prolongar-se com o testemunho da conduta cristã. Se fomos renovados com a receção do Corpo do Senhor, temos de o manifestar com obras. Que os nossos pensamentos sejam sinceros: de paz, de entrega, de serviço. Que as nossas palavras sejam verdadeiras, claras, oportunas; que saibam consolar e ajudar, que saibam sobretudo levar aos outros a luz de Deus. Que as nossas ações sejam coerentes, eficazes, acertadas: que tenham esse bonus odor Christi , o bom odor de Cristo, por recordarem o seu modo de Se comportar e de viver.

A procissão do Corpo de Deus torna Cristo presente nas aldeias e cidades do mundo. Mas essa presença, repito, não deve ser coisa de um dia, ruído que se ouve e se esquece. Essa passagem de Jesus lembra-nos que temos também de descobri-Lo nos nossos afazeres quotidianos. A par da procissão solene desta quinta-feira. deve ir a procissão silenciosa e simples da vida corrente de cada cristão, homem entre os homens, mas com a felicidade de ter recebido a fé e a missão divina desse comportar de tal modo que renove a mensagem do Senhor sobre a Terra. Não nos faltam erros, misérias, pecados. Mas Deus está com os homens, e temos de nos dispor a que se sirva de nós e se torne contínua a sua passagem entre as criaturas”.


Leia a homilia completa aqui