InícioPerguntas e RespostasO que é uma romaria? Como se faz?
Perguntas e Respostas

O que é uma romaria? Como se faz?

Etiquetas: Igreja, Nossa Senhora, Romaria
A palavra romaria vem de “romeiro”, tal como se designavam as pessoas que iam em peregrinação a Roma. Depois, o significado alargou-se e atualmente uma romaria é a visita a um santuário.

Uma romaria é a visita a um santuário da Virgem Maria. Na imagem, Nossa Senhora de Einsiedeln (Suiça)
Uma romaria é a visita a um santuário da Virgem Maria. Na imagem, Nossa Senhora de Einsiedeln (Suiça)
No mês de maio, que a Igreja dedica tradicionalmente à Santíssima Virgem, é habitual organizarem-se romarias a santuários marianos para visitar e honrar Nossa Senhora.


S. Josemaria comovia-se com as manifestações multitudinárias de amor a Nossa Senhora, mas dizia também que tinha uma predileção especial pelas romarias feitas individualmente ou em pequenos grupos, talvez só de duas ou três pessoas. “Respeito e estimo essas outras manifestações públicas de piedade, mas, pessoalmente, prefiro tentar oferecer a Maria o mesmo carinho e o mesmo entusiasmo por meio de visitas pessoais, ou em pequenos grupos, com intimidade”. (Cristo que passa, 139)

Em 1935, depois da sua primeira romaria ao santuário de Sonsoles, em terras de Ávila, o fundador do Opus Dei estabeleceu que, como mostra de amor a Nossa Senhora, os fiéis da Prelatura fizessem todos os anos no mês de maio, uma romaria a um santuário ou lugar onde se venerasse uma imagem de nossa Senhora. Desde então, esse costume difundiu-se entre muitas outras pessoas que entraram em contacto com a sua mensagem.

A romaria de maio é uma visita à Virgem Maria feita com amor filial. O que S. Josemaria fazia era rezar três partes do Rosário, uma, no caminho de ida, outra – que costumava ser a correspondente ao dia da semana, com a ladainha -, no santuário ou diante da imagem de Nossa Senhora que tinha ido visitar. E a terceira no caminho de regresso.

Podem oferecer-se a Santa Maria pequenos sacrifícios pelas necessidades pessoais e pelas de toda a Igreja, ir a pé pelo menos a última parte do trajeto; aceitar com alegria as incomodidades do caminho ou as inclemências do tempo; privar-se de um pequeno lanche que seria normal num passeio, etc.

A romaria de maio tem um acentuado espírito apostólico. S. Josemaria animava a fazê-la em companhia de amigos ou parentes e a aproveitar a ocasião para lhes sugerir algum passo em frente na sua vida cristã.

“Muitas conversões, muitas decisões de entrega ao serviço de Deus, foram precedidas de um encontro com Maria. Nossa Senhora fomentou os desejos de busca, ativou maternalmente a inquietação da alma, fez aspirar a uma transformação, a uma vida nova” (Cristo que passa, 149).

S. Josemaria rezando o terço no mês de maio de 1974
S. Josemaria rezando o terço no mês de maio de 1974
“Uma manifestação particular da maternidade de Maria – dizia o Papa S. João Paulo II em Fátima – constituem-na os locais onde ela se encontra com os homens, as casas onde habita, lugares onde se nota uma particular presença da Mãe. Em todos estes lugares cumpre-se de modo admirável o singular testamento do Senhor crucificado. Aí, o homem é confiado a Maria, aí vai com prontidão para se encontrar com Ela como com a sua própria Mãe; abre-lhe o coração; fala-lhe de tudo; recebe-a na sua própria casa, isto é, fá-la participante de todos os seus problemas”.


Artigos relacionados

Vídeo

5 conselhos do Papa às famílias

Publicamos um breve vídeo que reúne 5 conselhos concretos às famílias.

Vídeo

S. Josemaria fala de Torreciudad

Vídeo. Em 2015 cumpre-se o 40º aniversário do Santuário de Torreciudad, inaugurado em julho de 1975. S. Josemaria falou em 1972 da construção deste santuário mariano, durante uma tertúlia em Barcelona.

Vídeo

Primeira Missa de Francisco em 2015: Não podemos separar Jesus da Igreja

O primeiro dia do ano no Vaticano é assinalado pela celebração da solenidade de “Santa Maria, Mãe de Deus”.

Documentos

Pesquisar em: Perguntas e Respostas

Texto da pesquisa




Datas


De:
Até:



RSS